Mundo Youtube

Através de sua página de suporte, YouTube anunciou que lançará um site separado para o YouTube Kids no final desta semana. Aparentemente, será a versão desktop/web de seu aplicativo existente, portanto, você provavelmente poderá esperar recursos semelhantes aos disponíveis através do aplicativo.

A plataforma de vídeos de propriedade do Google tem sido alvo de intenso escrutínio nos últimos anos devido a vários problemas relacionados a vídeos direcionados a crianças. Tendo que lidar com o aumento de vídeos de exploração infantil que se disfarçavam de conteúdo familiar e até fechar a seção de comentários em vídeos com crianças pequenas, porque eram atormentados por respostas pedofílicas. A plataforma também teve que enfrentar uma investigação da FTC que investigava se havia sido violada a COPPA (Ato de Privacidade Online de Crianças) ao coletar dados para crianças menores de 13 anos.

Além de lançar um site dedicado para crianças, a plataforma também introduziu novas categorias para o YouTube Kids, para que usuários infantis possam explorar vídeos em um ambiente mais seguro. Agora você poderá controlar o que o aplicativo mostra escolhendo entre três faixas etárias diferentes:

Pre-School (Pré-escolar) para crianças de 4 anos ou menos

Younger (Mais Novo) para crianças de 5 a 7 anos

Older (Mais Velho) para crianças de 8 a 12 anos.

A categoria Older mostrará um maior variedade de vídeos, é claro, incluindo vídeos de música e jogos, além de vlogs familiares.

Apesar das novas medidas, o YouTube incluiu um lembrete no anúncio de que seu sistema não analisa manualmente todos os seus vídeos. “Nossos sistemas trabalham arduamente para excluir conteúdo não adequado para cada uma dessas categorias de idade, mas nem todos os vídeos foram revisados ​​manualmente”, escreveu. Vale a pena notar que os algoritmos do YouTube não estão nem um pouco perfeitos, como a Wired encontrou em 2018 quando descobriu o conteúdo bizarro e perturbador que apareceu ao pesquisar termos de pesquisa para crianças.