nanossavida_Entrevista_final
Entrevistas BBTV

nanossavida Entrevista final BBTV Entrevista | Na Nossa Vida

Na Nossa Vida | Pega o Café e Sinta-se em Casa!

Na nossa série de entrevistas, tivemos o prazer de bater um papo com a Isa Ribeiro do canal Na Nossa Vida. Confiram um pouco mais sobre a trajetória do canal:

Conte um pouco sobre seu canal! Por que as pessoas deveriam assistir o seu conteúdo?

O Na Nossa Vida é formado por eu (Isa), o Barba, meu namorado-marido e nossos parceiros de crime Lucy e Ringo, dois vira-latas gente boa. Vivemos uma vida tranquila em SP e estamos sempre em busca da simplicidade e de ver beleza nas pequenas coisas do dia a dia. O Na Nossa Vida é para quem deseja conversar da vida como ela é com um cafézinho nas mãos, sem medo de falar o que sentimos, de errar na cozinha e se aventurar em um DIY.

O que levou você a criar um canal no YouTube?

Eu sempre tive sites ou redes sociais, mas nunca consegui dar continuidade nisso. O blog nasceu primeiro que o canal no YouTube, pela necessidade de conversar e falar de coisas que acontecem no dia a dia em família através de crônicas e fotos. Comecei a sentir uma necessidade grande de abordar alguns assuntos com mais profundidade e de interagir mais, então foi aí que o YouTube surgiu. Sentíamos que precisávamos nos aproximar e abrir, quase literalmente, as portas da nossa casa.

O que você aprendeu após virar YouTuber? Tem algum aspecto inesperado?

Aprendi que a gente precisa ser mil em um! Sempre consegui lidar com muitas tarefas ao mesmo tempo, mas com o canal isso ficou ainda mais contrastante. É cansativo, mas muito recompensador.

IF 4 16 940x627 BBTV Entrevista | Na Nossa Vida

Como surgem as ideias para fazer seus vídeos?

Como falamos do que vamos vivendo, deixamos os temas um pouco livres. Se estamos em fase de reforma, falaremos mais de decoração; se estamos em uma vida mais saudável, teremos mais receitas e vídeos de corrida, por exemplo. Algumas categorias, como as de bate-papo e as receitas, são temas sugeridos pelos leitores e o que vejo que o pessoal mais se interessa do nosso dia a dia. Como abordamos temas variados, tento sempre deixar bem equilibrado para ter de tudo um pouco sempre.

Qual o seu conselho para quem está começando um canal no YouTube?

Você tem que querer muito e se dedicar ainda mais. Todo começo não é fácil, mas ainda assim pode ser prazeroso e render bons frutos de amizade e conhecimento. Quanto mais verdadeiro, sempre buscando para transmitir algo bom e que some na vida das pessoas, mais gratificante será.

Conte algo que a maioria dos seus inscritos não sabe sobre você!

Essa é difícil! Eles sabem muita coisa simple smile BBTV Entrevista | Na Nossa Vida Muita gente nova talvez não saiba, mas eu já trabalhei com análise de sistemas. Foi uma grande reviravolta na minha vida mudar para fotografia e atualmente agregar o conteúdo digital.

Agradecemos a Isa por participar e adoramos aprender mais sobre o Na Nossa Vida simple smile BBTV Entrevista | Na Nossa Vida Não esqueçam de conferir o canal dela aqui!

Ainda não é parceiro BBTV? Seja parte da maior comunidade de criadores de conteúdo do mundo!

Botao CTA 07 300x107 BBTV Entrevista | Na Nossa Vida

michele_BBTV_Entrevista_final
Entrevistas BBTV

michele BBTV Entrevista final 1024x683 BBTV Entrevista | Michelle Alves

Michelle Alves | Cabide Colorido

Na nossa série de entrevistas, a Michelle do Cabide Colorido compartilhou mais sobre a experiência dela como criadora de conteúdo! Confiram:

Conte um pouco sobre seu canal! Por que as pessoas deveriam assistir o seu conteúdo?

O Cabide Colorido foi criado há 2 anos atrás com o intuito de informar as meninas que queriam fazer intercâmbio como Au Pair, que eu estava fazendo na época. Eu era babá nos Estados Unidos e surgiram muitas dúvidas das meninas que já me acompanhavam pelo meu blog. Então, eu criei o canal para tirar as dúvidas e informar como funcionava o intercâmbio! Com o passar do tempo, eu descobri que isso era o que eu realmente gostava de fazer, fui entrando cada vez mais no mundo do intercâmbio e das viagens; trazendo muito do meu estilo de vida e de coisas que eu gosto. Hoje eu vejo o meu canal como totalmente “eu”, quem assiste sabe quem eu sou e eu acho que o YouTube permite isso muito mais do que um blog, o que é muito legal. Às vezes escrevendo nós não conseguimos nos expressar tão bem quanto falando, conversando, e principalmente interagindo com o público durante as lives e os vídeos. Por isso as pessoas deveriam assistir o meu canal: eu falo sobre um pouco de tudo, sou muito sincera nas coisas que abordo, ensino receitas vegetarianas, falo muito sobre viajar e sair da sua zona de conforto; muita gente fala que os meus vídeos inspiraram muito na hora de arriscar e fazer coisas diferentes!

O que levou você a criar um canal no YouTube?

A vontade e curiosidade das pessoas. Não criei o canal para manter ou fazer sucesso, era como uma extensão do meu site: o que eu não conseguia expressar em palavras, eu filmava! Era uma forma de tirar todas as dúvidas que eu recebia sobre o intercâmbio e responder tudo de uma vez, mas com o passar do tempo eu fui começando a gostar.

O que você aprendeu após virar YouTuber? Tem algum aspecto inesperado?

Aprendi que você não para de trabalhar em nenhum momento! Trabalhar com o YouTube é algo muito legal e gratificante, por mais que tenham algumas partes não muito bacanas como pessoas que não compreendem tanto e perguntam se “eu só faço isso da minha vida”, as marcas e empresas infelizmente ainda não reconhecem tanto quanto deveriam, não consideram que produzir conteúdo para o YouTube também envolve uma produção assim como mídias tradicionais: roteiro, edição, tempo gasto, produção, equipamentos… Ainda falta um pouco de valorização nesta área. Fora isso, a interação do público e saber que o seu conteúdo inspira e ajuda as pessoas de alguma forma é demais!

Como surgem as ideias para fazer seus vídeos?

Elas surgem conforme eu vou vivendo! O canal é a minha vida, então conforme as coisas vão acontecendo, eu vou compartilhando com o público, também presto muita atenção aos comentários e a interação com os fãs, o que é muito legal.

Qual o seu conselho para quem está começando um canal no YouTube?

Seja você mesmo! Pense em um nome legal e o que você quer trazer, qual é o seu diferencial… Eu sei que quando estamos começando geralmente não temos o melhor equipamento, mas tente posicionar o seu celular ou câmera em um lugar bom, com luz e onde o áudio seja legal. Priorize estas coisas para que você possa produzir o melhor tipo de conteúdo possível. No começo, é normal não ter muitos seguidores, mas se você for você mesmo, as coisas vão dar muito certo!

Conte algo que a maioria dos seus inscritos não sabe sobre você!

Complicado porque eles sabem basicamente tudo da minha vida, eu realmente conto TUDO para eles… Acho que o que eles não sabem é o quanto trabalho dá para produzir e publicar os vídeos, como eu fico feliz recebendo os comentários, views, likes, e quando o pessoal não pula os comerciais! Acho que são estas coisas que não costumo contar simple smile BBTV Entrevista | Michelle Alves

Agradecemos a Michelle pela entrevista e simpatia; não esqueçam de conferir o canal dela!

Ainda não é parceiro BBTV? Seja parte da maior comunidade de criadores de conteúdo do mundo!

Botao CTA 07 300x107 BBTV Entrevista | Michelle Alves

Luh Testoni entrevista
Entrevistas BBTV

Luh Testoni entrevista 1024x683 BBTV ENTREVISTA | LUH TESTONI

Luh Testoni | Fotografia para não-fotógrafos, toyart e café

Continuando nossa série de entrevistas, desta vez tivemos o prazer de conhecer um pouco mais sobre a nossa parceira Luh Testoni!

Conte um pouco sobre seu canal! Por que as pessoas deveriam assistir o seu conteúdo?

A ideia do meu canal é falar de fotografia e fotografia mobile, principalmente para quem não é fotógrafo e quer tirar fotos melhores ou está começando a se interessar por fotografia. A maioria dos canais é focado em profissionais, o que é ótimo, mas eu percebi que iniciantes e amadores muitas vezes não conseguiam entender muita coisa, principalmente no que diz respeito a realmente aplicar o que é dito e desvendar todos aqueles termos técnicos e especificações. E hoje em dia, todo mundo tira fotos com o celular, mas não tinha ninguém focado em ajudar a fazer isso de uma forma melhor ou até ajudar a pessoa a entender o que faz uma câmera de celular boa ou não. Por isso no canal eu dou dicas simples e faço resenhas de câmeras e celulares de um jeito que qualquer pessoa consegue pôr em prática e entender.

O que levou você a criar um canal no YouTube?

Quem me convenceu a de fato trabalhar no canal foi a Anna, do Pausa para Um Café. Eu já tenho o blog falando de fotografia desde 2010 mas de uns anos pra cá, as pessoas começaram a de fato migrar de blogs para canais e mesmo um pouco resistente no começo, percebi que precisava fazer essa migração também. Hoje em dia, 90% do conteúdo é feito para o canal.

O que você aprendeu após virar YouTuber? Tem algum aspecto inesperado?

O youtube tem um alcance gigante, muito maior que meu blog tinha, então mesmo já trabalhando com internet a muito tempo, algumas coisas eu precisei aprender ou levar mais à sério:

1- As pessoas prestam mais atenção no que você fala do que você imagina, seja muito responsável com isso.

2- É importante ser consistente. As pessoas esperam que você apareça e crie novo conteúdo

3- De certa forma você está se expondo e pessoas desconhecidas vão ter opiniões ( geralmente erradas) sobre você. Não leve pro lado pessoal e continue fazendo o seu trabalho.

IMG 3054 BBTV ENTREVISTA | LUH TESTONI

Como surgem as ideias para fazer seus vídeos?

Eu mantenho um lista enorme em mãos que vou abastecendo o tempo todo. Como eu tenho um foco bastante específico, que é fotografia e fotografia mobile, é uma lista que vai crescendo e se renovando o tempo todo. Conceitos básicos que preciso ensinar, dicas de aplicativo, novidades e novas funções no instagram, livros de área, tudo isso vai no canal, então geralmente quando termino um vídeo e tiro um item da lista, já tem mais dois no lugar!

Qual o seu conselho para quem está começando um canal no YouTube?

Paciência. Parece clichê, mas é verdade. A não ser que viralize de alguma forma, você vai crescer devagar e isso não pode te desanimar. As pessoas que se interessam vão acabar te achando e você não precisa apelar de alguma forma ou se desesperar por isso. Outra coisa importante é: comece com o que você tem. Não precisa sair gastando com equipamento e querendo ser perfeito logo de início. Comece com o que você tem em casa, mesmo que seja um celular e vá melhorando e investindo na medida que as coisas acontecem.

Conte algo que a maioria dos seus inscritos não sabe sobre você!

No canal eu me controlo porque prometi pro meu pai (juro), mas no dia a dia eu falo muito palavrão, uso muita ironia e falo 300 vezes mais rápido do que já falo no canal!

Agradecemos a Luh por ter participado e adoramos ter aprendido mais sobre ela! Não esqueçam de conferir o canal dela aqui simple smile BBTV ENTREVISTA | LUH TESTONI

Ainda não é parceiro BBTV? Seja parte da maior comunidade de criadores de conteúdo do mundo!

Botao CTA 07 300x107 BBTV ENTREVISTA | LUH TESTONI