Adobe Spark (1)

Pela primeira vez desde 2010, o YouTube está atualizando sua política de avisos de comunidade, em um esforço para manter uma certa consistência, mas também dar a oportunidade de aprendizagem para seus usuários.

No dia 25 de fevereiro, o sistema de três strikes que está em vigor irá mudar. A partir dessa data, todos os canais que violarem as Diretrizes da comunidade do YouTube pela primeira vez não receberão um aviso, mas receberão um comunicado. O conteúdo ofensivo será removido, mas os canais não sofrerão penalidades adicionais. O objetivo é instruir os criadores sobre as Diretrizes da comunidade, diz a empresa, já que muitos avisos iniciais são incorridos porque os criadores de conteúdo não conhecem nada melhor.

Os canais também podem apelar esses comunicados, da mesma forma que podem recorrer qualquer aviso de comunidade. Se o criador ganhar, o canal será limpo e ele estará qualificado para receber um aviso novamente antes de ser atingido por qualquer ataque.

Sob as novas diretrizes, após receber um comunicado, a punição para os dois primeiros ataques será consistente. Em vez de emitir uma proibição de 90 dias de transmissão ao vivo, o YouTube acionará um congelamento do canal por uma semana. Isso inclui transmissão ao vivo, upload de vídeos e qualquer outro conteúdo do YouTube. O segundo aviso, resultará em um congelamento do canal por duas semanas. O terceiro ataque resultará na remoção do canal da plataforma. Os avisos continuam a ser redefinidos após 90 dias e o conteúdo encontrado em violação será removido da plataforma.

O YouTube explica que 98% das pessoas nunca quebram as diretrizes da comunidade e, dos 2% que o fazem, 94% não repetem após o primeiro ataque. Com um sistema de alerta, o YouTube espera incentivar os criadores a aprender mais sobre as diretrizes da comunidade.

Em um esforço para aumentar a transparência e incentivar o aprendizado, o YouTube também delineará exatamente por que ocorreu o aviso e deixará claro quais diretrizes do YouTube abordam a violação. No passado, os usuários só seriam informados sobre violações de greve por e-mail, mas as novas diretrizes também introduziram notificações móveis. Além disso, a linguagem e o conteúdo dessas notificações terão como objetivo educar em vez de repreender. Os recursos de política do YouTube também serão expandidos, com mais detalhes sobre o conteúdo que viola as diretrizes da comunidade.

Importante saber que mesmo se você já tem um aviso de comunidade no seu canal, você ainda recebe um comunicado primeiro caso tenha alguma ofensa após o dia 25 de Fevereiro.

Outra questão importante de se saber é que essas novas regras são para AVISO DE COMUNIDADE, o que é diferente de um aviso de copyright. Esse continua funcionando da mesma forma: o YouTube recebe um pedido de remoção, o conteúdo é analisado e removido se necessário, enviando um strike do comunidade para o canal.

Esperamos que esse artigo te ajude a entender um pouco melhor essas novas mudanças. Para mais informações, leia o blog original do YouTube e assiSta ao vídeo abaixo:

https://youtu.be/ZTRwOQFfaNo

 

Ainda não é parceiro BBTV? Seja parte da maior comunidade de criadores de conteúdo do mundo!

Botao CTA 07 300x107 Mudanças na Aplicação de Aviso de Comunidadade no YouTube

Mudanças na Aplicação de Aviso de Comunidadade no YouTube

Category: Uncategorized
310 views